Em plena forma Zé Roberto e Azrael W faturam GP no Internacional de Curitiba

No GP Internacional Cidade de Curitiba, principal atração na Sociedade Hípica Paranaense em Curitiba, em 13/5, o cavaleiro olímpico santamarense José Roberto Reynoso Fernandez Filho, o Zé Roberto, foi o grande nome. Participara da disputa, a 1.50 metro em 12 votas, 35 conjuntos dos quais 12 voltaram – 2 sem faltas – voltaram para a 2ª decisiva volta. Em busca de mais um percurso em faltas, Zé Roberto e Azarael W fizeram uma falta somente no último obstáculo, em 48s52, conquistando o título de campeão.

Zé Roberto monta Azrael, um sela holandês de 12 anos desde os três anos. “O Azrael é um show, acho que ele vai acabar ficando comigo para sempre”, ponderou Zé Roberto, 36, bicampeão brasileiro senior top 2015/2016, que acaba de retornar de uma temporada nos EUA, onde vendeu o cavaleiro sua montaria Galip e Azrael W, que também despertou interesse no mercado, retornou ao Brasil. “Os percursos do GP estavam difíceis e o Baíca foi muito feliz na armação. Dedico esse título a minha mãe e também em homenagem a todas as mães!”

Só felicidade pra José Reynoso e equipe no GP do CSI Cidade de Curitiba: img: Mundo Hípico

Só felicidade pra José Reynoso e equipe no GP do CSI Cidade de Curitiba: img: Mundo Hípico

O top carioca Tiago Mesquita montando Ellechin Ter Door, dupla com pista da 1ª volta, também cometeu um derrube em 51s21 sagrou-se vice-campeão.Já o 3º posto ficou com o integrante do Time Brasil na Rio 2016, Stephan Barcha apresentando Unforgettable Chevaux, que fechou a 1ª volta com cinco pontos e zerou a 2ª, em 48s67. Em mais uma brilhante atuação, o cavaleiro pan-americano Artemus de Almeida com Cassilano JMen, vice-campeão no GP do The Best Jump 7/5 , foi 4º colocado, sem faltas na 2ª volta, em 48s73, fechando com os cinco pontos trazidos da 1ª passagem. Completaram o placar na 5ª e 6ª colocação, Marcello Ciavaglia montando Conto RJ e o jovem talento Alberto Sinimbu com Sharapova, ambos com 8 pontos (4 a cada volta), respectivamente, em 47s18 e 48s20.

A disputa também foi válida pela 2ª de 9 Etapas do Ranking Brasileiro Senior Top e Liga Sul Americana para a Final da Copa do Mundo 2018. Todas as etapas com exceção do Campeonato Brasileiro devem obrigatoriamente realizar uma prova preparatória com chamada mínima de 1,45m e o Grande Prêmio com chamada mínima de 1,50m, em que a prova preparatória tem peso 1 na contagem de pontose o Grande Prêmio, 1.5. No Campeonato Brasileiro Sênior Top 2017 as duas provas têm peso 02 e não podem ser descartadas. Cada etapa tem premiação mínima de R$ 80 mil no Grande Prêmio, e mínima de R$ 15 mil na prova preparatória. A premiação do Campeonato Brasileiro será divulgada em breve. O campeão brasileiro senior top 2017 também levará um carro O km. Aguarde a contagem parcial oficial após 2 de 9 etapas.

Resultados completos e Ordens de Entrada

 

CHSA via CBH com foto: Mundo Hípico