Juliana, Raphael, Philip e Marcelo: medalhistas por equipes no Sul-Americano

O saldo da nata jovem do hipismo brasileiro no Sul-Americano da Juventude 2017 – FEI South American Championship, entre 2 e 8/10, no Club Hipico Argentino, em Buenos Aires, foi mais que positivo. Na disputa por equipes, o Brasil subiu ao pódio em todas as categorias faturando 8 medalhas: ouro e prata nas categorias Mirim (12 a 14 anos) – 1.20 metro de altura e Pré-junior (14 a 16 anos) – 1.30 metro, ouro e bronze na categoria Junior (14 a 18 anos) – 1.40 metro, prata na Young Riders (16 a 21 anos) – 1.45 metro e bronze na série Extra Internacional Pré-mirim (10 a 12 anos) – 1.10 metro.

Nata jovem do hipismo brasileiro em flash no desfile das Nações no Club Hipico Argentino

Cavaleiros e amazonas do Clube Hípico de Santo Amaro integraram as estreladas equipes do Brasil: Philip Greenlees, ouro mirim, Marcelo Gozzi / Caprice VDL, bronze junior, Juliana Salles Amaral de Almeida / Bien Estelle, ouro Pré-junior e Raphael Montesano Mari / Gicara 2, prata Pré-junior. Ao todo entre equipes e cavaleiros e amazonas 10 países estavam representados no Sul Americano da Juventude 2017: Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colombia, Costa Rica, Equador, Paraguay, Peru e Uruguay. Veja a seguir o balanço das finais por equipes.

Ouro e prata na categoria Mirim

A quinta-feira, 5/10, começou com show brasileiro no Sul Americano da Juventude – FEI South Americanship na categoria Mirim. (12 a 14 anos) – 1.20 metro, no Club Hípico de Argentino, em Buenos Aires. Nessa que foi a 2ª parcial individual válida pela Final por equipes os Times Brasil garantiram Ouro e Prata.

Sagrou-se campeã a equipe verde Philip Greenlees / Premiere Avignon Z, sócio do CHSA, Rafaela Dias Melo / Madame Lili, João Marcelo Santos / Viptown e Maria Luiza Martha Vieira / Wonder Z que fechou com zero ponto perdido. Logo atrás, com apenas 1 ponto perdido, Henrique Maranhão / Coral Rec Xangô, Lara Egoroff / Indira Rec, Maithe Marino / Donadoni BH e João Pedro Chaves / Wonder Z conquistaram o vice-campeonato. A equipe celeste argentina foi bronze, 8 pp.

Comemoração no pódio da categoria Mirim

Ouro e Bronze para os Juniores do Brasil

Também quinta-feira, 5/10, os Times Brasil da categoria Junior faturaram ouro e prata. Sagrou-se campeã a equipe verde do Brasil com Pedro Egoroff / Wangu Cooper, André Fonseca Moura / Uniroyal de Thieusies, Thales Marino / Princess Emily e Pedro Backheuser / Q Pleasure fechando com oito pontos perdidos (pp). O bronze ficou com Marcelo Gozzi / Caprice VDL, sócio do CHSA, Henry Hardman Virgolino / ADC Chablis Z, Gabrielle Berger / Calandra e Maria Fernanda Severo / Zortin Jr, 20 pp. A equipe celeste da Argentina foi prata, 16 pp.

Juniores devidamente premiados

Dobradinha de ouro e prata para os Times Brasil Pré-junior

Na sexta-feira, 6/10, a última rodada das equipes movimentou o Sul Americano da Juventude; Em mais um show de categoria, os Pré-juniores do Brasil faturam ouro e prata. Sagrou-se campeão o time amarelo formado por Juliana Salles Amaral de Almeida / Bien Estelle, sócia do CHSA, Gabriel Baptista Braz / GR Helena, Laura Bosquirolli Tigre / Taquin de Ferval e Lys Park Kang / Macarena Tok que fechou com apenas 4 pontos perdidos (pp). O vice-campeonato ficou com a esquadra verde Raphael Montesano Mari / Gicara 2, sócio do CHSA, Mariana Xavier Scomparin / Espetacular do Xapuri, Sarah Azevedo Pimenta da Costa / Gentle Z e Otaviano Vilaça / Azzaro du Sartiau, 8 pp. A medalha de bronze foi com a equipe do Chile, 12 pp.

Mais um dobradinha dos Times Brasil

Finais Pré-mirim e Young Riders

Na quinta-feira, 4/10, a equipe amarela – Audrey Jean Parnaiba Mckinnon / Armageddon, Nicole Viscelli Lua / Corlanda II JMen, Matheus Esposito Almeida Ribeiro / Goldgirl CHCP e Augusto Bonotto Perfeito / Busch van het Prinsenveld foi bronze após desempate com a Argentina que a a exemplo do Brasil fechou com 4 pontos perdidos. Cada país escalou um conjunto para a decisão, ambos zeraram, mas a amazona argentina Valentina Haymes / Charlina Z – 0/0/26s54 foi um pouco mais rápida que a brasileira Nicole Viscelli Lua / Corlanda II JMen – O/0/28s16. Com apenas 5 pontos perdidos, a equipe verde do Brasil com participação do santamarense Eduardo Coelho Barbara / Quatour emplacou em 4º lugar.

Na sexta-feira, 6/10, os Young Riders do Brasil conquistaram a medalha de prata com Pedro Moura Carvalho / Boomerang VH Kluizebos, Daniel Halaban / Shaitaan, Ana Brentani Samaia / Escadron van Koekshof e Victoria Junqueira Ribeiro de Mendonça / Diamant Z totalizando 44 pontos perdidos (pp).  A Argentina foi campeã, 33 pp, e o Chile, bronze, 53 pp.

 

Com a fonte: Imprensa CBH – fotos: Luis Ruas