Marcelinho Gozzi, 17, bate seu treinador Zé Reynoso e vence III GP Alfinete (in memoriam)

A Copa Santo Amaro que em 2017 chegou a sua 20ª edição fechou em grande estilo com o III GP em memória a José Roberto Reynoso Fernandez Filho, o Alfinete, no domingo, 18/12. Perante casa cheia 10 dos 42 habilitaram-se ao desempate que contou com armação de Antonio Blanco Junior. E não foi dessa vez que José Roberto Reynoso Fernandez Filho, campeão no II GP Alfinete em 2016, conquistou o bi GP que leva nome de seu pai. Em 2015 a vitória ficou com seu amigo André Miranda e, dessa vez, quem faturou o título foi o jovem talento Marcelo Gozzi, 17, treinado por Zé Roberto.

Marcelinho e Little Joe registraram a imbatível marca de 38s59

Marcelinho levou Little Joe à vitória sem faltas na imbatível marca 38s59. Zé Roberto montando Diamaro garantiu o vice sem faltas 39s73. Luiz Carlos da Costa Mata montando Empedrado emplacou em 3º, pista limpa, 41s47. “Fiquei muito feliz em ver meu aluno ganhando e também com o 3º lugar do Luizinho que trabalha comigo. É um sinal que nosso trabalho está no caminho certo”, destacou Zé Roberto.

Zé Roberto, vice, com seu aluno campeão e parceiro de trabalho Luizinho, em 3º

Zé Reynoso com sua irmã Manu e sobrinhos

Marcelinho – que vem de vitória no mini GP no Nacional Top Riders em 9/12 – estava visivelmente emocionado. Essa foi e primeira vitória em um GP do cavaleiro que entre outros coleciona os títulos de campeão brasileiro Mirim 2014, Pré-junior 2016 e vice-campeão Sul Americano Pré-junior 2016.

Festa com banho champagne

III GP José Roberto Reynoso Fernandez Filho, Alfinete

Campeão Marcelo Gozzi / Little Joe – CHSA – 0/38s59
Vice José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Diamaro – CHSA – 0/39s73
3º Luiz Carlos da Costa Mata / Empedrado – CHSA – 0/41s47
4º Fabio Sarti / Mel JC – CHSA- 1/42s49
5º Marcos Ribeiro dos Santos / Albar Halifax- CETEP – 1/42s52
6º José Roberto Reynoso Fernandez Filho / Macarena Tok – CHSA – 4/38s8

O Homenageado

José Roberto Reynoso Fernandez, o Alfinete, conquistou seu primeiro título internacional em 1965, quando foi vice-campeão Mundial de Juniores na Itália. Foi membro da equipe brasileira que conquistou o primeiro ouro no Salto nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg, Canadá, em 1967, ao lado de Antonio Alegria Simões e do Cel. Renyldo Ferreira.

Em 1968, Alfinete classificou-se em 7º lugar individual nos Jogos Olímpicos do México. Conhecido por um estilo impecável sobre o cavalo, o cavaleiro também tem em seu extenso currículo o tetracampeonato brasileiro senior (1975/1976/1978 e 1981), foi tricampeão do GP do CHSA (1975, 1976 e 1980) e hexacampeão do Torneio Pão de Açúcar (1975/1977/1978, 1980, 1982 e 1990).

 

Resultado completo.

 

CHSA com fotos: Tupa Vídeo