Santamarense João Victor Oliva, melhor brasileiro no Adestramento na Rio 2016

0
125

Após a participação dos dois últimos brasileiros Luiza Tavares de Almeida e João Victor Oliva no Complexo Olímpico de Deodoro, a equipe brasileira de Adestramento se despede dos Jogos Olímpicos do Rio 2016. O quarteto mais jovem das equipes do hipismo registrou a média final de 67.562%, ficando na 10ª posição do ranking por equipe. João Victor com Xamã dos Pinhais fechou com 68,071%, melhor índice brasileiro em Jogos Olímpicos, na 46ª colocação.

João Victor cumprimenta o juri na Rio 2016; print: Sportv
João Victor cumprimenta o juri na Rio 2016; print: Sportv

Giovana Pass, a caçula da equipe, montando Zingaro de Lyw, 67.700%, chegou em 47º lugar, Luiza com Vendaval 4, 66,914%, foi 49ª e Pedro Tavares de Almeida com Xaparro do Vouga, 65, 971%, 53º.

João Victor, que é campeão sul-americano e medalhista de bronze por equipe nos Jogos Pan-americanos de Toronto, saiu satisfeito com o resultado final, especialmente por ter feito a maior pontuação de sua carreira em uma prova no Brasil. “Gostei muito da minha prova, fiquei bastante emocionado de estar aqui, competindo em casa, em uma competição grande, uma Olimpíada. Estou bem feliz com o meu cavalo. Foi o melhor resultado da minha carreira aqui no Brasil. Essa experiência vai valer muito para os próximos Jogos. É um orgulho ouvir o locutor me chamar, a gente pensa em todo o trabalho que tivemos, todos que participaram desse processo todo de preparação. Senti o cavalo bem tranquilo na mão, foi ótimo”, comenta João Victor.

João saúda a torcida no estádio de Deodoro ; img: FEI - Richardo Julliard
João saúda a torcida no estádio de Deodoro ; img: FEI – Richardo Julliard

Para a final por equipes, os seis melhores classificados se apresentam novamente, nesta sexta-feira, 11, junto com os 8 melhores colocados no individual. E, finalmente, os 18 melhores se apresentam novamente no próximo dia 15 no Freestyle Grand Prix.

A Alemanha lidera com 81,295%, seguida pela Grã Bretanha, 85,071% e os EUA, 78,071%. Já na classificação individual, o show rolou por conta da britânica Charlotte Dujardin com Valegro, dupla campeã olímpica 2012 e mundial 2014, que registrou nada menos que 85,071%, batendo demais 59 conjuntos. Da 2ª à 4ª colocação só deu Alemanhã com Kristina Sprehe com Desperados, 82,357% e Dorothee Schneider, com Showtime FRH, 80,966%, e Isabell Werth com Weihegold Old, 80,643%.

Rumo a decisão

Para a final por equipes, os seis melhores classificados se apresentam novamente, nesta sexta-feira, 11, junto com os 8 melhores colocados no individual. E, finalmente, os 18 melhores se apresentam novamente no próximo dia 15 no Freestyle Grand Prix.

A Alemanha lidera com 81,295%, seguida pela Grã Bretanha, 85,071% e os EUA, 78,071%. Já na classificação individual, o show rolou por conta da britânica Charlotte Dujardin com Valegro, dupla campeã olímpica 2012 e mundial 2014, que registrou nada menos que 85,071%, batendo demais 59 conjuntos. Da 2ª à 4ª colocação só deu Alemanhã com Kristina Sprehe com Desperados, 82,357% e Dorothee Schneider, com Showtime FRH, 80,966%, e Isabell Werth com Weihegold Old, 80,643%.

Resultado completo

 

Fonte: CBH

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui